News

ESTUDO IDENTIFICA CARACTERÍSTICAS DE ADAPTAÇÃO ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS EM EUCALIPTO



Um estudo realizado pelo grupo de pesquisas em agrometeorologia da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq/USP) identificou características de planta que podem trazer vantagens adaptativas sob cenários de mudanças climáticas para plantações de eucalipto no Brasil.

O estudo faz parte do doutorado de Elvis Felipe Elli, tem orientação do professor Paulo Cesar Sentelhas, do departamento de Engenharia de Sistemas Agrícolas e foi publicado recentemente na revista In silico Plants. O trabalho também contou com a participação de pesquisadores do Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF) e do instituto de pesquisa Australiano CSIRO (Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation), onde Elvis realizou um período de intercâmbio.

Os pesquisadores utilizaram técnicas de modelagem baseada em processos combinadas com um método estatístico chamado “análise de sensibilidade global”, para identificar quais as características mais influentes na produtividade de florestas de eucalipto em 23 ambientes de produção espalhados por todo o Brasil. “Buscamos identificar se as características mais influentes atualmente na produtividade serão as mesmas em climas futuros, ou se novas características ganharão importância, conta Elvis. Na conclusão, os pesquisadores afirmam que características relacionadas à eficiência do uso da radiação, captura de luz, partição de folhas e raízes finas são as mais importantes sob condições climáticas atuais. “Entretanto, espera-se que a resposta fotossintética à temperatura ganhe significativa importância em cenários climáticos futuros”, complementa Elvis.

Segundo o autor, o trabalho serve de suporte para silvicultores e melhoristas com o intuito de entender melhor as interações Genótipo x Ambiente x Manejo das plantações de eucalipto no Brasil, para alocar genótipos adequados a ambientes específicos e para poder dar maior atenção às características genéticas que mais afetam a produtividade, tanto em climas atuais, quanto em cenários climáticos futuros. “Os resultados encontrados no presente estudo demonstram uma considerável evolução na área de modelagem baseada em processos da cultura do eucalipto no Brasil e abre caminhos para futuros estudos”, finaliza.

A pesquisa teve apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e um breve resumo pode ser encontrado neste vídeo. A íntegra do artigo pode ser acessa clicando aqui.


Texto: Caio Albuquerque (03/08/2020)

Crédito da foto: Gerhard Waller

Editoria: Pesquisa

Posts Recentes
Arquivo

Agrometeorologia Fácil

USP/ESALQ/LEB - Av. Pádua Dias, 11 - Piracicaba/SP - CEP 13418-900

Tel.: (19) 3429-4283  Fax (19) 3447-8571 - pcsentel.esalq@usp.br

© 2016 Agmfácil