News

Alunas do grupo AgmFácil participam de Escola Avançada sobre Ciências em Mudanças Climáticas, no IAG

A Escola Avançada teve o objetivo de fornecer aos participantes conhecimentos avançados sobre a ciência das mudanças climáticas, abordando os seguintes tópicos: observações e projeções futuras, impactos, vulnerabilidade, adaptação e mitigação, e o acordo de Paris. Em um contexto multidisciplinar e multicultural, os participantes discutiram com cientistas temas importantes dos três Grupos de Trabalho do Relatório de Avaliação 5 do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC-AR5, WGI, WGII e WGIII).

O programa da Escola incluiu aulas teóricas, trabalhos em grupos, sessão de cartazes, sessão de pôster, discussão de ciência-política e visitas as instituições-chave no Estado de São Paulo, no contexto da condução de pesquisas e trabalhos voltados a abordagem sobre mudanças climáticas.

No evento, as alunas Fabiani Denise Bender e Paola de Figueiredo Bongiovani apresentaram projetos/resultados de pesquisa relacionados a questão das mudanças climáticas e seus impactos nas culturas do milho e mandioca, em estudos voltados para o Brasil.

*Fabiani apresentou trabalho intitulado “Simulating the impact of climate change and adaptive management

Os resultados apontaram que em relação aos atuais (1980-2009) níveis de produtividade atingível, em clima futuro são esperadas quebras na produtividade, tanto na 1ª quanto 2ª safra, devido ao encurtamento na duração do ciclo e aumento do consumo hídrico relativo as perdas mais significativas na 2ª safra. No âmbito de possíveis ações mitigadoras das perdas na produtividade, avaliando-se a combinação de estratégias de manejo, tais como, época de semeadura, ciclo da cultivar, adubação nitrogenada, estas apresentaram-se como alternativas para a redução de perdas para ambas as safras, em condição de clima futuro. Quando adicionado o manejo de irrigação, as perdas na produtividade atingível foram ainda menores e em alguns casos, passando a apresentar ganho na produtividade, em relação aos atuais níveis de produtividade atingível, especialmente, a curto e médio prazos.

*Paola apresentou o trabalho, em andamento, intitulado “Climate impacts on cassava yield and mitigation measures for the Brazilian Semi-Arid Zone”. Nele, serão avaliados os impactos na produtividade da mandioca no Semiárido Brasileiro nos dias atuais e em cenários de clima futuro, e serão analisadas medidas de mitigação para todos os casos.

*Agradecimento a CAPES pelo financiamento destas pesquisas.

Posts Recentes
Arquivo

Agrometeorologia Fácil

USP/ESALQ/LEB - Av. Pádua Dias, 11 - Piracicaba/SP - CEP 13418-900

Tel.: (19) 3429-4283  Fax (19) 3447-8571 - pcsentel.esalq@usp.br

© 2016 Agmfácil